Eletrônica,Verdades e Mistérios

TV - INFORMATICA - MECATRÔNICA - ELETRÔNICA E ASSUNTOS RELACIONADOS
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Tópicos similares
Estatísticas
Temos 532 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de neneiasilva

Os nossos membros postaram um total de 4954 mensagens em 1440 assuntos
Últimos assuntos
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros
Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     
CalendárioCalendário
Fórum

Compartilhe | 
 

 Pragas Residencial: Perigo Epidemia de Lesmas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pedro Gaúcho

avatar

Mensagens : 1319
Pontos : 2455
Data de inscrição : 09/01/2011
Idade : 59
Localização : Canoas RS Brasil

MensagemAssunto: Pragas Residencial: Perigo Epidemia de Lesmas   Qui Out 06, 2011 2:32 am

As lesmas podem causar alguma espécie de complicação para a saúde humana?

Existem mais ou menos 100 mil espécies de molusco no mundo entre os quais estão as lesmas, os caracóis e caramujos.

São várias as espécies de lesmas, algumas são consideradas guloseimas, outras são usadas para extração de matérias primas para bijuterias e peças decorativas, e outras são finalmente consideradas pragas, ou porque destroem plantações, ou porque são uma ameaça à saúde humana.

Parasitas como os nematóides ou cestóides (ambos vermes que tem o caracol como vetor) são numerosos. Entre as lesmas, destaca-se o gênero:

*Sarasinula, vetor da angiostrongilose (doença abdominal que ocorre no homem que ingere as larvas eliminadas pelas lesmas sobre os alimentos).

Além desta doença, temos a esquistossomose, também causada por parasitas de moluscos.

Outro molusco, que esta se tornando um grande problema para o Brasil e outros países é o caramujo gigante ou africano.

Para quem se interessar pelo assunto seguem abaixo dois links interessantes:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (esta é uma nota do governo Federal)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





Fundação Oswaldo Cruz

Av. Av. Brasil, 4365 Brasil, 4365
21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brasil
Tel.: (55 21) 2562-1222 Tel:. (55 21) 2562-1222
Fax: (55 21) 2562 1220 Fax: (55 21) 2562 1220

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Lesma Sarasinula

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



****************** As Lesmas podem contaminar os seres humanos, ao passar sobre alimentos, pois que na gosma contem larvas. Lesma Sarasinula, vetor da *angiostrongilose (doença abdominal que ocorre no homem que ingere as larvas eliminadas pelas lesmas sobre os alimentos).

***********************

*Angiostrongilose abdominal

Id: 296438
Autor: Agostini, Aventino Alfredo; Rodriguez, Rubens; Mazzuco, Rosemari; Borges, Josiane; Stobbe, Júlio César; Becker, Lisiane; Teixeira, Carlos Graeff.
Título: Angiostrongilose abdominal: patologia cirúrgica de importância regional / Abdominal angiostrongylosis: surgical pathology of reginal importance
Fonte: J. bras. med;80(3):40-2, mar. 2001. tab, graf.
Idioma: Pt.

Resumo: Os autores revisaram 18.361 biópsias e peças cirúrgicas de patologia digestiva não-tumoral. Em 1.064 peças cirúrgicas do trato digestivo inferior foram observados 19 casos de angiostrongilose abdominal (AA). Relacionando estes casos com as intervenções cirúrgicas por complicações secundárias da doença de Crohn (DC), colite ulcerativa (CU) e tuberculose intestinal (TI), observou-se que a freqüência de AA em relação às patologias cirúrgicas citadas pode ser considerada como parasitose de importância cirúrgica regional.

link:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


**********************
Ciclo:

Esta infecção ocorre principalmente no sudeste da Ásia e da Bacia do Pacífico, mas se espalhou para outras áreas do mundo. A. cantonensis larvas produzidas por vermes adultos no pulmão de rato migrar para o trato gastrointestinal e são expulsos com as fezes. Eles desenvolvem em larvas infectantes em caracóis e lesmas terrestres. Os seres humanos adquirem a infecção pela ingestão de moluscos crus infectados; vegetais contaminados por molusco lodo, ou caranguejos, camarões de água doce e peixes marinhos certeza de que eles próprios comido moluscos infectados. As larvas migram para o cérebro.

Life Cycle and Epidemiology

This infection occurs principally in Southeast Asia and the Pacific Basin but has spread to other areas of the world. A. cantonensis larvae produced by adult worms in the rat lung migrate to the gastrointestinal tract and are expelled with the feces. They develop into infective larvae in land snails and slugs. Humans acquire the infection by ingesting raw infected mollusks; vegetables contaminated by mollusk slime; or crabs, freshwater shrimp, and certain marine fish that have themselves eaten infected mollusks. The larvae then migrate to the brain.

******************************

Características Patogênese e Clínica.

Os parasitas acabam por morrer no SNC, mas não antes de iniciar conseqüências patológicas que, em infecções pesadas, pode resultar em seqüelas neurológicas permanentes ou morte. Provocar a migração de larvas marcada inflamação eosinofílica local e hemorragia, com subseqüente necrose e formação de granuloma em torno de worms morrendo. Desenvolver sintomas clínicos 2-35 dias após a ingestão de larvas.

Os pacientes geralmente apresentam um insidioso ou abrupto dor de cabeça insuportável frontal, occipital, ou bitemporal. Rigidez de nuca, náuseas e vômitos, e parestesias também são comuns. Paralisia do nervo febre, craniana e ocular, convulsões, paralisia e letargia são incomuns.


Pathogenesis and Clinical Features

The parasites eventually die in the CNS, but not before initiating pathologic consequences that, in heavy infections, can result in permanent neurologic sequelae or death. Migrating larvae cause marked local eosinophilic inflammation and hemorrhage, with subsequent necrosis and granuloma formation around dying worms. Clinical symptoms develop 2–35 days after the ingestion of larvae. Patients usually present with an insidious or abrupt excruciating frontal, occipital, or bitemporal headache. Neck stiffness, nausea and vomiting, and paresthesias are also common. Fever, cranial and extraocular nerve palsies, seizures, paralysis, and lethargy are uncommon.




*********************


As lesmas e caramujos além de causar danos às plantas, em altos níveis populacionais, podem transmitir doenças. O nematóide (verme) Angiostrongylus Costaricensis pode ser transmitido ao ser humano, principalmente em crianças através do muco produzido pela lesma, doença denominada angiostrongilose abdominal.

Muitos casos dessa doença têm sido diagnosticados em todo o país, tornando-se um problema de saúde pública. Para evitar a transmissão do verme, não se devem tocar as lesmas ou entrar em contato com a secreção do muco. Lesmax é um moluscicida indicado para controle de Lesmas e Caramujo Africano.


Elaborado com Metaldeído, atua sobre a praga por contato ou ingestão. Indicado para aplicação em locais com infestações de moluscos como: viveiros de plantas ornamentais, frutíferas, hortaliças, etc.



Composição:
Metaldeído 3% p/p, atrativo e veículo.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


*******************MENINGITE ATINGINDO O CÉREBRO



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


LINK CIENTIFICO SOBRE A LESMA E A MENINGITE (EM INGLES )

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Observe, se taboas de carne, utensílios da cozinha, não há rastro brilhoso de lesmas. Por onde o animal passa, vai deixando um rastro de uma gosma, e nesta a contaminação, gosma, que depois de seca, fica um rastro brilhoso, refletiva a luz, conforme o ângulo. Estas lesmas tem o habito noturno de ataque, podendo invadir a cozinha de uma residencia, em busca de alimentos, a noite quando todos dormem, e se retiram com o clarear do dia, ou se escondem, entre alimentos, dentro de armários da cozinha, etc...Observe se não se encontram tais rastros destes animais, que podem contaminar os seres humanos, inclusive conduzindo a doença meningite.
As lesmas podem ser um grande perigo. Lave bem os alimentos, e utensilhos de cozinha, mesmo que guardados limpos. Pedro Gaúcho
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pragas Residencial: Perigo Epidemia de Lesmas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» AS 7 PRAGAS...
» epidemia de ratos progressao geometrica
» utilidade publica: quais cuidados que devemos ter com o cpf?
» OS PERIGOS DA SOJA, QUE NINGUÉM LHE CONTOU
» O virus Ebola e os acontecimentos dos últimos dias: alguma relação?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Eletrônica,Verdades e Mistérios :: SALA :: MISTÉRIOS DA CIÊNCIA-
Ir para: